LivroCast 054 – A Revolução dos Bichos

LivroCast 054 – A Revolução dos Bichos

livrocast, podcast, livro, a revolucao dos bichos, autor, george orwell, 1984, totalitarismo, urss, socialismo, capitalismo, controle, exploracao, politica,

:: É recomendado o uso de fones para se ouvir este episódio ::

Sejam todos muito bem-vindos ao LivroCast número cinquenta e quatro. No podcast de hoje, Marcelo Zaniolo (@celo_zaniolo), Igor Guedes (@professorigor), Rodrigo Carvalho, João Victor "Snaga" (@OrcSnaga) e Diego Lokow (@Lokow) se reúnem para falar do autor inglês / indiano inglês George Orwell, mundialmente conhecido pelo livro "1984", e de um de seus principais títulos: "A Revolução dos Bichos".

No LivroCast 054: Quem é o autor, qual a relação entre sua vida e o livro tema do episódio de hoje, política, críticas metáforas, interpretações e muito mais.

Locução: João Victor V. B. Militani (Mundo Podcast) e Randal Bergamasco (Na Porteira Cast).

Tratamento e Decupagem dos Áudios: Luís Beber.

Edição e Revisão: Marcelo Zaniolo.

Tempo de Duração: 124 minutos.

Seja um Patrão do LivroCast

Compre o Livro Comentado no Episódio de Hoje

Comentados no Programa 

Trilha Sonora do Episódio:

  • Pink Floyd - Dogs
  • Engenheiros do Hawaii - Ninguém = Ninguém
  • Pink Floyd - Pigs (Three Different Ones)
  • Muse - Animals
  • Pink Floyd - Sheep
  • Queen - We Are the Champions

Críticas, Sugestões e Dúvidas

Lokotopia no Facebook:

LivroCast no Facebook:

Outros Links:

Informações Sobre o Episódio

Aperte o play no topo da página para ouvir o LivroCast ou clique com o botão direito em download e escolha a opção “Salvar Destino Como” para baixá-lo em seu computador.

Autor:

Publicitário e administrador por formação, viciado em livros e um músico mal-compreendido pelos amigos. Responsável pela sessão literária do Lokotopia e pelo LivroCast. Tenta ser sempre eclético e levar todos ao fantástico mundo da literatura. Twitter, Facebook e Google+.

aba-share
aba-comentarios
  • Wilson Brancaglioni

    Olá amigos,

    Wilson Brancaglioni, 39 anos, Bancário de São Paulo/SP

    A Revolução dos Bichos é uma leitura obrigatória para entender um pouquinho do que está acontecendo nos dias atuais sem aquela discussão entre esquerda e direita e sim questionar o modelo Capitalista que atualmente não satisfaz as necessidades humanas, se é que um dia isso aconteceu, bem como suscitar os grandes líderes que a exploração do homem pelo homem causa prejuízos a sociedade.

    É utopia mas de algum lugar deve começar. Há outras reflexões mas prefiro focar nos dias atuais. Parabéns pelo programa.

    Obrigado amigos,

    Wilson Brancaglioni
    http://www.estantedowilson.com.br/

    • LivroCast

      Grande Wilson, tudo bem? Realmente. Acho que o livro vai muito além de um modelo econômico propriamente dito. Até porque ele foi escrito pensando no Socialismo e se encaixa COMPLETAMENTE no Capitalismo de hoje em dia. E cada vez mais, infelizmente. Acho realmente que a mudança deve acontecer. Uma hora ela TEM que acontecer. Só espero que o desfecho não seja o mesmo do livro! Hehe… Pro nosso bem. Muito obrigado por comentar e pela sua opinião muito bem colocada. Grande abraço, amigo! Valeu por sempre nos ouvir e acompanhar! o/

      • Maíra

        Olá Marcelo,

        Eu ainda não ouvi o cast (vou ouvir, n˜o se preocupe), mas parece que você teve uma leitura mais centrada do que muitos outro leitores sobre a obra.

        Muitos acham que a Revolução do Bichos (e 1984) sejam críticas apenas ao regime stalinista. Não é. Orwell fez até vilões anti-semitas em 1984 – embora não explicitamente- (fazendo paralelo ao regime Nazista) e ele deu declarações que suas críticas valem para todos os regimes totalitários, sejam esquedistas ou direitistas. Engraçado que embora ache que 1984 seja uma crítica mais o regime stalinista, eu vejo muitas críticas à direita em Revolução dos Bichos, embora a Revolução Russa tenha servido de inspiração.

        Vale lembra que Orwell nunca deixou de ser socialista/esquerdista. Sempre defendeu essas idéias até a morte. Mas ele era socialista democrata, não um socialista soviético.

        • LivroCast

          Bom dia, Maíra, tudo bem? Obrigado por seu comentário (e por dizer que tive uma leitura mais centrada que a maioria! Haha). Gosto sempre de olhar para todos os lados quando leio um livro, ainda mais quando se trata de uma obra do Orwell. Nós tocamos ao longo do episódio em muitos dos pontos que você elencou acima, mas aqui vai um spoiler leve: concordo em muito com você. Espero que você ouça o cast e goste da discussão. Grande abraço e até a próxima! o/

  • Augusto

    Esses dois convidados contribuíram muito para este episódio. Sugiro que sempre tragam eles para episódios de livros como esse. ;)

    • João Victor ‘Snaga’

      Assim que se fala! hehe

      • LivroCast

        Anotado! Hahaha o/

    • LivroCast

      Tenha certeza, amigo! Bom saber que você gostou do resultado. E tenha certeza que o Igor e o Snaga irão aparecer mais vezes por aqui sim. Pra ontem, inclusive! Hehe… Grande abraço! o/

  • João Victor ‘Snaga’

    Episódio fantástico! Parabéns, pessoal!!!

    • LivroCast

      Na verdade, os convidados é que foram fantásticos! Hehe… Valeu por ter topado participar, amigo. Espero que essa seja a primeira vez de muitas! o/ Grande abraço!

      • João Victor ‘Snaga’

        Prazer foi meu! Vamo que vamo!

  • Milena

    Episódio fantástico!!! Sem dúvida, um dos melhores que já escutei até hoje (de todos os canais!!). Parabéns pelo trabalho.

    • LivroCast

      Nossa, Mileina, que bom ler isso! Sério! Você fez meu dia! Hehe… Muito obrigado por nos acompanhar. E mais ainda pelo elogio! Hehe… Espero que continues nos ouvindo e gostando dos nossos episódios. Grande abraço e volte sempre! o/

  • Pingback: Debutando no Livrocast | Covil do Orc()

  • Queria deixar aqui meus parabéns pro Rodrigo, que pra mim foi, de longe, o melhor participante do cast, primeiro por ter entendido melhor o contexto histórico do lançamento do livro e depois por aparentemente partilhar com ele a mesma visão do mundo atual: consciente e, talvez por isso mesmo, com pouca fé na humanidade. Em 1943 a União Soviética, que quase tinha entrado pro Eixo até a quebra do pacto Molotov-Ribbentrop em 42, era uma das mais importantes tábuas de salvação da Inglaterra. Nas memórias de Churchill a gente percebe como ele tinha dedos pra lidar com eles, em uma relação muitas vezes até unilateral. Criticar o sistema dos caras poderia ser um tiro no pé.

    Preciso dizer também que concordo em gênero, número e grau com todas as críticas do Prof. Igor ao atual governo petista, que está mais perdido que cego em tiroteio. Apesar disso não consigo concordar com sua visão socialista e queria deixar aqui alguns trechos do cast que não curti:

    – Insinuar que qualquer forma de trabalho seja pior que escravidão pra mim é pelo menos esquisito.
    – Realmente as instituições financeiras nos oprimem sim, mas só uma ameaça de calote ao FMI, por exemplo, diminuiria drasticamente o número de investidores no nosso país e o que está ruim ficaria ainda pior. Não foi a toa que o primeiro-ministro grego fez tanta questão de aprovar as medidas de austeridade para conseguir apoio e continuar na zona do euro. Quem lembra das eleições de 2002 lembra como o risco Brasil aumentou só porque o Lula (até então alguém que poderia se recusar a pagar a dívida) estava na frente das pesquisas. Depois que ele assumiu e não deu calote tudo voltou ao normal.
    – Aumento de tempo de serviço e fator previdenciário para não quebrar a Previdência são medidas necessárias no momento, infelizmente. Antes a Previdência funcionando mal do que não funcionando. Com o aumento da expectativa de vida é natural que o tempo de serviço aumente e o fator previdenciário teoricamente é medida de contingência. É EVIDENTE que se tivéssemos menos corrupção, por exemplo, o ajuste fiscal não existiria ou seria bem menor, mas aí não é um problema do capitalismo…

    Concordo com todos de que muita coisa do livro se encaixa na nossa realidade, mas não é tudo:

    – Em um sistema totalitário não é possível reclamar e, se fosse assim, nem cast sobre o livro poderíamos ter;
    – O sistema capitalista (imperfeitíssimo em vários aspectos, mas de longe mais funcional que o socialismo) possibilitaria a um porco sair da fazenda e criar outra, pra dizer o mínimo.

    Gostei muito de ver aqui um livro tão importante pra literatura mundial quanto esse e espero ver o Admirável Mundo Novo (que não é tão bom quanto o Revolução, mas mesmo assim um clássico) por aqui em breve. Só espero que alguém tenha a visão de que aquele mundo FUNCIONA PERFEITAMENTE, o problema é “a custo de que”.

    O brasileiro realmente precisa acordar, tomar consciência de sua posição como agente transformador e A Revolução dos Bichos (e esse cast, claro) são ótimas lições para que isso aconteça mais rapidamente.

    Abraços a todos e parabéns pela edição!

    ps.: Os extras estão SENSACIONAIS HAHAH

    pps.: DESCULPA O TEXTÃO!!!

    • LivroCast

      Grande amigo, tudo bem? Desculpe a demora em te responder. E, desde já, muito obrigado pelo comentário. Pelo tamanho dele, imagino que conseguimos suscitar debate e questões importantíssimas para os dias de hoje! Haha… E por favor: sempre escreva o quanto você quiser e julgar necessário, sem problemas. Gostou do Rodrigo no cast? Ele vai ficar se achando quando ler isso! Haha… Agora vamos aos pontos que você elencou. 1) Não defendemos a escravidão sobre ponto de vista nenhum, isso te garanto! Haha… Só foi uma crítica no sentido de a mão de obra ser AINDA mais explorada hoje do que era antigamente. Escravo era caro, nós, trabalhadores atuais, somos mãos de obra barata. Apenas isso. Logicamente, há outro lado. E nunca defenderíamos algo nesse sentido. E 2) entendo a questão do risco do país e tudo mais que você colocou, mas novamente usamos apenas um dos prismas no exemplo que demos. Não faz sentido ter pessoas passando fome e pagar bilhões em juros. Isso só mostra o quão errado as coisas são. Dinheiro há, mas por questões especulativas e muitas vezes intangíveis ele é investido no lugar em que não deveria ir. Não sei se me fiz entender! Haha… Mas te entendo, estou apenas justificando o contexto em que afirmamos o que afirmamos. Quero muito ler “Admirável Mundo Novo”. E aproveito pra te deixar outra sugestão de distopia por aqui> Fahrenheit 451. Fantástico também. O legal desses livros é que eles brincam com conceitos e permitem múltiplas conclusões. FIco feliz que tenhas gostado e espero te ver por aqui mais vezes. Grande abraço, amigo! Valeu por comentar e sempre nos ouvir! Ps: és pai, né? Feliz dia dos pais atrasado, amigo! Haha E que bom que curtiu os extras! o/

  • ThallisPHP

    Episódio épico! A obra de George Orwell sempre mexe muito com minha mente e sempre me choca. Confesso que ainda não li 1984 nem A Revolução dos Bichos, mas pretendo lê-los em breve. Parabéns pela produção excelente. Um grande abraço de mais um burro.

    Aguando um dia um livrocast sobre Robert Jordan e sua esquecida A Roda do Tempo.

    • LivroCast

      Grande Thallis, tudo bem? Amigo, que bom que você gostou do episódio! Espero que continue nos ouvindo, comentando e aprovando nossas sugestões! Hehe… E LEIA! Sério, isso vai mudar tua vida. Comece (sugestão minha) pelo A Revolução dos Bichos e depois 1984. Sem medo de ser feliz. Como falamos, obras mais do que atuais (apesar do seu status de clássicos). Grande abraço. E muito obrigado pela sugestão de pauta! o/

  • Paloma Aleoncio

    Poxa, passei um bom tempo sem ouvir o LivroCast e por consequência ausente dos comentários. Mas já estou de volta, e fiquei muito contente por saber que foi lembrada nos episódios passados. Obrigada!
    Enfatizando os comentários abaixo: Que episódio fantástico!! Pessoal, muito obrigada por disponibilizar um episódio como esse! Em minha concepção, o LivroCast 54 é simplesmente o MELHOR. Eu adorei do início ao fim. Eu li “A revolução dos bichos” duas vezes durante o meu ensino médio, e esse episódio para mim foi pura nostalgia. Parabéns pela qualidade da discussão sobre o livro e a importância dele para a história da sociedade, as curiosidades de vida do autor George Orwell e do próprio livro “A revolução dos bichos” (que são incríveis!). Sem mais, esse episódio é completo e rico em informação. Parabéns ao convidados, espero encontra-los mais vezes no LivroCast.
    Abraços e sucesso!

    • LivroCast

      Grande Paloma, tudo bem? Obrigado por estar de volta! Hehe… Sentimos mesmo sua falta aqui nos comentários. E espero que você continue nos acompanhando. Sobre seu comentário, o MELHOR episódio nosso? Nossa! Hehe… Pelo feedback do pessoal, acertamos em cheio no tema, então. Esperamos continuar melhorando em conteúdo, qualidade, bate-papo e merecendo a atenção que ouvintes como você depositam em nós. Muito, mas muito obrigado pelos elogios. E você fez bem em ter lido esse livro mais cedo. Fez falta na minha vida. Só agora (quando finalmente li) descobri isso! Hehe… Grande abraço e até a próxima! Ps: Os convidados voltarão sim. Tenha certeza disso! o/

      • Paloma Aleoncio

        Impossível de deixar de acompanhar o LivroCast, eu adoro o trabalho de vocês!
        A revolução dos bichos é leitura obrigatória, todos tem que ter acesso a ele. Uma obra rica sobre política e a revolução russa, ainda pode-se extrair muito mais dele.
        Até a próxima.

  • Renato JS

    Ouvi pelo Ipod na sexta mas, faço questão de entrar no blog e comentar o quão fantástico é esse episódio do Livrocast, que sempre discute de forma inteligente os livros propostos.

    Como um ex estudante de publicidade e acima de tudo brasileiro, ler este livro é de grande “elevação cultural”. Uma chuva de pensamentos críticos me invadiram a mente em cada página folheada. Cada parágrafo lido faz, inevitavelmente, com que nossa mente assimile a situação do livro com o momento atual ( E DESDE SEMPRE) que o Brasil passa.

    Independente de ser esquerda ou direita, de ser do campo ou da cidade. É interessante ver, mesmo que numa fábula, como as boas intenções, muita das vezes, são tomadas de objetivos pessoais e muito egoístas. A ignorância é aquilo que a sociedade adora promover descaradamente pois, dessa forma, o porco continua tomando vinho e festejando enquanto o burro trabalha no sol quente para, no máximo, beber água limpa.

    Me desculpa por não lembrar o nome do convidado (rs) mas suas opiniões foram muito bem encaixadas no cast. Muito bom.

    Parabéns pelo cast.
    abraços

    • LivroCast

      Nossa, Renato, que bom te ver por aqui. E que bom ler o que você nos escreveu! Sério, são comentários assim que nos motivam a continuar e a tentar melhorar a cada episódio. Espero que continues aprovando nossas discussões! Hehe… Sobre sua opinião: é isso mesmo. E o pior que ter água limpa pra beber às vezes parece um luxo e “nós” ficamos gratos por isso, e não insultados. Tentei manter o papo fora do cunho político mas, como você ouviu e bem salientou, é um tema que engloba tudo e todos. O ontem, o hoje e o amanhã. É um livro que vou reler certamente, pra nunca perder essa visão crítica de mundo. Ah, e os convidados foram o Igor Guedes e o Snaga. Ambos sensacionais! Quero logo rever eles por aqui! Hehe… Novamente muito obrigado e até a próxima. Grande abraço, amigo! o/

  • emersonfn

    Mue Deus. Sensacional. Vou ter que ler todas as referencias. Só sei que nada sei. Excelente este episódio. Poxa não li. Quero ler e fiquei impressionado com o tanto que se pode extrair de um livro. Um dia quero poder extrair desta maneira. Muito top. Obrigado. Vou indicar para um monte.

    • LivroCast

      Grande Emerson, tudo bem? Que bacana ler seu comentário, amigo! Fico imensamente feliz por saber que você aprovou o debate e gostou do que ouviu. Tentamos sempre trazer convidados que entendam do tema e extrair o máximo da obra. Acho que dessa vez fomos felizes, e espero que você continue nos ouvindo e comentando. E, claro, se puderes divulgar é melhor ainda! Haha… Sobre os livros e autores citados: vá atrás, sem medo de ser feliz. Tenho certeza que ler um livro vai te levar a outro, e que você vai gostar do que vai encontrar. Grande abraço e muito, mas muito obrigado mesmo pelas palavras. Isso é muito importante pra gente! o/

  • Janaína

    Um dos melhores episódios que já ouvi. Tanto pela escolha do livro quanto pela escolha dos convidados.
    O conhecimento de história foi fundamental para que esse episódio saísse tão bom.
    Parabéns!

    • LivroCast

      Obrigado pelo elogio, Janaína! Fico imensamente feliz em saber que você gostou das escolha do livro, dos convidados e do bate-papo. Tinha certo medo que o apelo histórico pudesse incomodar alguém, mas não foi o caso. E espero logo ter o Igor e o Snaga por aqui de novo. Espero que você continue nos acompanhando e aprovando. Grande abraço! Obrigado pelas palavras e por comentar! o/

  • Janaína

    Pessoal,
    Acho que não é complicado colocar um link para comprarmos o e-book. Leitores de kindle agradeceriam e ainda contribuiriam com o lokotopia.

    • LivroCast

      Isso infelizmente não depende de nós =/ Usamos um site como parceiro e dependemos, por sua vez, das parcerias desse site. Lomadee é o nome. Já tentamos outras vezes e outros amigos já pediram a mesma coisa. Como leitor de Kindle, eu também adoraria tornar isso possível, mas… Nos resta esperar e te pedir desculpa por não poder corrigir isso imediatamente. Grande abraço, Janaína! Saiba que isso também é do nosso interesse! o/

  • Renato Lellis

    Conheci o Livrocast pouco tempo atrás através do ranking do iTunes. Ouvi poucos episódios até agora mas gostei bastante. No começo do episódio cheguei a ficar irritado achando que os podcasters iriam aliviar para o regime soviético (e fizeram isso um pouco, sim) mas achei que ao final foram razoavelmente equilibrados e honestos à visão que Orwell tentou trasmitir. Abraços e continuem o bom trabalho.

    • LivroCast

      Bom dia, Renato, tudo bem? Amigo, primeiramente bem-vindo. Fico feliz que você tenha chego até nós e que a primeira impressão tenha sido positiva. Espero desde já te ver por aqui mais vezes e que você se sinta em casa para sempre comentar, sugerir, criticar e opinar nossos episódios. Sobre o cast em si, faço mea culpa. Quando montei a pauta, pensei em focar mais no autor e na origem da obra em si do que qualquer outra análise política atual ou não. Ledo engano. Não tem como falarmos de A Revolução dos Bichos sem criarmos paralelos contemporâneos, e devo isso inteiramente aos convidados! Hehe… Grande abraço. E muito obrigado por nos ouvir e pelo comentário! o/

  • Pingback: A REVOLUÇÃO DOS BICHOS()

  • Ficou incrível o programa! Parabéns!
    As relações entre o livro e política ficaram fantásticas… O mais foda mesmo, pra mim, foi ficar relembrando a raiva que já passei em congressos da UNE com a turma da UJS…

    • LivroCast

      Bom dia, Thiago, tudo bem? Em primeiro lugar, obrigado por nos ouvir e por comentar. De verdade! E que bom que você gostou do cast. Particularmente, é um dos meus favoritos! Hehe… Sobre a UNE, foi bem como o Igor comentou ao longo do episódio? Imagino a raiva que se deva passar. Grande abraço! Esperamos te ver por aqui mais vezes! o/

  • Camila Albuquerque

    Camila Albuquerque, 26 anos, Recife-PE

    Andei ausente, mas consegui finalmente me atualizar!!! Que episódio fantástico, um dos melhores até agora, com certeza! Convidados incríveis, as discussões políticas ficaram muito bem encaixadas e o tema pedia isso. Acho que pra ficar melhor, só se tivesse o Juca D’Ângelo pra acrescentar as ideias!

    • LivroCast

      MIla, bom dia! Obrigado por ter ouvido a gente e por comentar (nunca canso de dizer isso! Hehe). Fiquei com um pouco de medo de bater muito na tecla “política atual” no cast, mas acho que é realmente impossível falar de um livro desses e não tocar no assunto. Fico feliz que tenhas gostado. E bem lembrado, já é mais do que hora de chamar o Juca pra gravar com a gente novamente! Hehe… Mais uma vez, obrigado por tudo. Grande abraço! o/

  • OLucasConrado

    Zaniolo, Snaga e Igor, três das vozes mais bonitas do Brasil no mesmo podcast (é o comentário mais gay que já fiz em um podcast).

    Gostei muito do programa. Li o livro em meados de 2011, 2012 e lembro que me apaixonei. E reforçou uma ideia que eu já tinha: não importa a revolução que vamos ter. Vai ter um bando de espertalhões pra se aproveitar da situação.

    Enfim, adorei a análise do livro e a relação com o Brasil hoje em dia.

    Aliás, qual é a comida típica de Florianópolis/Santa Catarina?

    Grande abraço a todos!

    • LivroCast

      AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA! O início do teu comentário AAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHAHAHAHAHAHA! o/

    • LivroCast

      Pronto, parei de rir! Hahahahahaha (ou não). Mas vamos focar na parte séria. Eu concordo contigo, e isso é muito “burro Benjamin”. Saber que de um modo ou de outro vamos ser explorados por alguém. Se é certo pensar assim eu não sei, mas quanto mais penso a respeito… Bem, vamos tentar preservar pelo menos um pouco de otimismo! Hehe… Fico feliz que tenhas gotado (das vozes) do episódio e quero te agradecer por nos ouvir e comentar. Mesmo! E aqui em Floripa é peixe. Tainha, Anchova… Ostra, Marisco. Esse tipo de coisa! Haha… Curte? Grande abraço, amigo! o/

      • OLucasConrado

        Não curto nada do mar! “Peixes são amigos, não comida” hehehehe

        Depois volto pra comentar outros episódios!

        =D

        • LivroCast

          Hahaha! Tem pão de queijo mineiro por aqui também. Deves ter ouvido no cast! Haha (e vários outros tipos de alimento, claro). Mas EI, tu não comeu no mercado público do Chile durante quase toda a tua viagem? Como assim não come peixe? Hahaha… Abração! o/

          • OLucasConrado

            Comi. Mas pedi o bife a lo pobre (bife, batata frita e ovo frito) hehehehehehe

            Abraço!

  • Petrus Augusto

    Ainda estou ouvindo… Mas, a introdução, foi espetacular!! Muita boa a montagem/edição.

    PS: Ao longo do programa, se necessário,editarei este comment!

    • LivroCast

      Grande Petrus, tudo bem? Que bom que você curtiu, amigo. Tento fazer sempre o melhor. Obrigado por nos ouvir e por comentar. Um grande abraço! o/

  • Maíra

    Olá Marcelo,

    Desculpe a demora em responder, eu queria ouvir o cast primeiro.

    Gostei bastante dele, embora discorde de algumas coisas que vou logo dizer. Concordo com muitos dos pontos levantados por todos os participantes.

    Eu li “A Revolução dos Bichos” há muito tempo. Devia ter uns 16 anos e naquela época eu fiquei muito impresssionada. Mas felizmente, logo após , li uma crítica ao livro e seu uso como propaganda pelos políticos ocidentais. que mudou meu modo

    – Sobre as ovelhas. Não acho que se aplica a “massa”, pelo menos não hoje em dia. A maioria das pessoas pensam hoje como o burro. Sabe o que esta acontecendo, sabe que está sendo explorado, mas não liga. Não faz nada, é um acomodado. “Para que mudar, tudo vai ser a mesma merda”. Na minha opinião, este tipo de comportamento é BEM pior que o das “ovelhas acéfalas”. Também não acho que naquela época as ovelhas fossem uma crítica a massa. Acredito que elas sejam uma crítica aos militantes de algum partido que só fazem o que mandam , a imprensa (seja qual for lado) e os que seguem a opinião destes sem questionar, que só sabe repetir o que os “grandões” querem que seja dito.

    – Porque não acho que as ovelhas sejam uma crítica as massas. Eu não sou especialista em Orwell, mas o pouco que sei da sua biografia é que ele detestava intelectuais (fossem de direita ou esquerda) que achavam que o povo fosse burro e que queria dizer a eles como eles deviam viver, o que pensar, como votar. Ele detestava pessoas que tratavam o povo como uma “massa pouco pensante”que não sabia questionar, principalmente intelectuais que saíram da classe-média e nunca sofreram nenhuma privação na vida. Neste ponto ele parece muito com Pasolini.

    – Como disse antes, Orwell nunca deixou de ser socialista. Ele era socialista democrata (existem muitas vertentes da esquerda e do socialismo) e, pelo que li (não sei se é verdade, são boatos) tinha muito medo que seu livro fosse usado como propaganda pela direita e pelos capitalistas. As duas versão do livro que conheço (um desenho e um filma pare TV são inglesas) . Dizem que ele proibiu para os que seriam detentores dos direitos do livro após sua morte que vendessem a história para Hollywood por achar(com certa razão) que os reacionários de Hollywood iam perverter a história como uma propaganda para a direita.

    – Tanto 1984 e “A revolução dos bichos” são tratados nos países de língua inglesa como animais sagrados, coitada da pessoa que questionar. São chamadas de ovelhas, imbecis, stalinista, etc. Engraçado é que acho que Orwell ia detestar isso. Eu li uma crítica aos livro do Orwell muito pertinente. Dizia as obras de Orwell a são extremamente conformistas, que elas não fazem a pessoa se revoltar, ensinam a ser cômodas, a abaixar a cabeça aceitar, e que por causa disso seus livro acabaram sendo usados como arma pelo Status-Quo. Não sei se concordo totalmente, acredito que Orwell não critica a idéia, mas como ela pode ser usada, mas a crítica me fez pensar.Uma coisa eu sei, Orwell ia detestar uma unanimidade em relação aos seus livros.

    • LivroCast

      Maíra, bem-vinda de volta! A intenção do cast era justamente propor debate, apresentar uma obra essencial e fazer pensar. Acho que conseguimos então, correto? Hehe… Fico feliz que tenhas ouvido e voltado aqui para comentar. Muito, mas muito obrigado mesmo. E estamos longe de querer ser os donos da verdade, é claro. Sobre suas opiniões, muitas delas refletem hoje o que penso. Por exemplo, comecei o cast falando que eu seria o burro. Então sim: acredito que a maioria dos brasileiros seriam o burro e que isso é o pior. Eu mesmo tento mudar minha forma de pensar e de agir justamente para evitar o “tanto faz”. Isso que faz mal para a nossa sociedade. Muito bacana esse tipo de reflexão e eu espero que tenhas, de um modo geral, aprovado o episódio. Siga nos ouvindo e interagindo. É sempre bacana te ver por aqui. Grande abraço e tenha um excelente 2016! o/

  • Fazia tempo que não comentava algo, muito talvez pelo fato de não conhecer alguns dos livros abordados neste cast rs mas dessa vez isso não me impediu de vir aqui e parabenizar vocês pelo ótimo trabalho na abordagem desse livro que, pelo visto, deve ser sensacional. Infelizmente ainda não tive a oportunidade de ler este livro, mas conheci “1984” na época de faculdade o que me garante ter muita confiança na qualidade da escrita do autor.

    Sobre o tema em si, acredito que é sempre importante falar sobre politica e esclarecer questões pertinentes. Também é uma grande oportunidade para apresentar para o público grandes obras como essa que certamente deixam um marco na história. Nesse sentido, o Igor acrescentou muito na discussão e esclarecimento de alguns pontos cruciais para um melhor aproveitamento da leitura.

    • LivroCast

      Grande Marcus, obrigado por retornar aos comentários! Haha… A intenção do cast foi justamente propor debate sobre política e isso que você falou: apresentar livros que fazem pensar e que devem ser lidos. Se você leu 1984 sabe do que estou falando, já que A Revolução dos Bichos segue o tema e apresenta a visão dos fatos de um autor muito politizado e inteligente. Que bom que você gostou dos convidados e que bom que você segue nos ouvindo. Muito obrigado por tudo em 2015 e que 2016 seja um ano excelente para todos nós. Grande abraço! o/

      • Valeu pessoal pelas palavras. Fico sempre muito feliz quando recebo uma resposta de um comentário por aqui tanto pelo Livrocast ser um podcast que curto muito como pelo fato de vocês serem tão legais no trato com o público. Bom, quanto ao episódio em si , já o indiquei para amigos professores de história, geografia, etc… e acredito que a discussão em torno da obra deste autor tão politizado, inteligente e visionário (porque não?) deve servir de incentivo para conhecer a obra dele. Abraço

        • LivroCast

          É sempre um prazer te responder por aqui, amigo! E muito obrigado por divulgar nosso trabalho. Isso faz toda a diferença. Grande abraço! o/

  • Pingback: LivroCast - O Melhor e o Pior do que Rolou - LivroCast()